Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

Quais são os segredos de um media planning online eficiente?

Que a mídia online tem dominado o cenário, já não é novidade. Com o crescente número de pessoas conectadas e interessadas em compartilhar e consumir, esse mercado se mantém muito promissor. Mas para não jogar dinheiro fora, é preciso se planejar corretamente. E, para isso, existe o media planning online.

Ele serve como um mapa rumo ao tesouro — no caso, um bom retorno de investimento e impactos positivos para a marca. A seguir, veja quais são os truques para fazer um media planning online eficiente!

Conhecer seu público-alvo

A regra de ouro para qualquer estratégia de mídia é saber com quem o seu negócio está falando. Por exemplo, se você exibir um delicioso vídeo de fast food em uma academia, é provável que tenha mais rejeição do que atração de marca, não é?

Com o media planning online, vale a mesma regra. O tempo online das pessoas é precioso, e o melhor é que você ofereça algo atraente e personalizado. Para isso, busque insights, estudos e avaliações sobre o público.

Tente entender questões como:

  • idade;
  • demografia;
  • comportamento;
  • contexto, etc.

Assim, fica fácil segmentar e escolher o melhor caminho a seguir para cada grupo de consumo, de acordo com o que os usuários desejam.

Definir bem os objetivos do media planning online

Depois de conhecer o seu público, é o momento de entender qual é o resultado esperado. Se o interesse for aumentar a fidelização, por exemplo, o melhor é adotar uma abordagem de relacionamento, personalização e satisfação.

Se o objetivo for ampliar o reconhecimento de marca e consolidar o branding, por exemplo, é fundamental ter uma postura bem didática.

Sem saber para onde deseja ir, qualquer caminho serve mas, ao mesmo tempo, nenhum vai ser útil! Portanto, mãos à obra: coloque no papel quais são as metas da estratégia e o que a mídia pode trazer. Isso alinha expectativas e ajuda a selecionar as melhores alternativas.

Adaptar o conteúdo para dispositivos mobile

Uma pesquisa, realizada pela Deloitte, mostrou que 87% dos entrevistados possuem um smartphone. Segundo a Adobe, até o final de 2018, 45% do tráfego de internet do Brasil deve ser feito via mobile.

Imagine perder toda a sua estratégia porque ela não funciona corretamente em uma tela diferente. Portanto, prepare-se para o mobile e faça com que o media planning online inclua essa adaptação.

Planejar uma distribuição multiplataforma

Com tudo a apenas um toque de distância, é comum que o usuário navegue com grande velocidade. Afinal, quem é que nunca saiu de um aplicativo e foi para outro rapidamente?

Além de tudo, hoje o usuário assiste televisão, mexe no celular e no computador — tudo ao mesmo tempo. Para aproveitar o máximo da atenção, tenha uma distribuição multiplataforma.

Faça com que os seus vídeos cheguem ao Youtube e outras redes sociais. Isso aumenta o impacto e permite atingir um público mais diversificado.

Lembrar de mensurar os efeitos

Pode até parecer um passo maior que a perna, mas antes mesmo de executar a estratégia, você já deve pensar nos resultados — especialmente em seu acompanhamento.

Se deixar isso para depois, vai ficar difícil fazer análises, como:

  • o desempenho da abordagem;
  • o que precisa ser mudado;
  • o que melhor funcionou.

Portanto, determine as métricas e indicadores, defina os parâmetros de interesse e com que frequência eles devem ser acompanhados. Desse modo, a atuação pode ser otimizada continuamente.

Ao seguir essas dicas, o media planning online vai ser bem mais estratégico e aumentar suas chances de bons resultados. Que tal não perder nenhuma dica para o seu negócio? Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo!

videos-profissionais-produtora-de-video-sao-paulo5.jpg

Seja o/a primeiro/a a comentar

Deixe uma resposta