Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

Como gerar mais interesse pelos canais de comunicação interna nas empresas?

“Antes de propor mudanças na sua rotina, primeiro arrume o seu quarto”. Você já ouviu essa metáfora alguma vez na vida? Pois, de certa forma, o mesmo vale para os canais de comunicação interna nas empresas.

É muito importante investir no relacionamento com o público externo — na verdade, é crucial! Seja por meio de ações sociais, propagandas, entre outros exemplos diversos, a empresa deve buscar visibilidade e confiança no mercado. Mas o que muitos esquecem é que a comunicação interna deve estar impecável primeiro, pois sem esse alinhamento de ideias entre os representantes, o negócio está fadado a falhar.

Pensando nisso, resolvemos elaborar um artigo exclusivo sobre o assunto, em busca de auxiliar os desavisados ou aqueles que tem dificuldades com esse aspecto da gestão. No texto de hoje, trataremos de temos como: melhores canais de comunicação interna, aumento de produtividade e organização, assim como comentaremos sobre quais são os melhores canais da atualidade. Tenha uma boa leitura!

Conheça a comunicação interna

De modo simples, trata-se de um conjunto de ações que tem como objetivo facilitar a transmissão de mensagens estratégicas em uma determinada organização. Isso pode ocorrer tanto de setores de liderança para setores inferiores da empresa, quanto “horizontalmente”, entre colaboradores de um mesmo setor.

A boa prática da comunicação interna é essencial para o negócio, pois garante o alinhamento entre equipes, fortificando uma organização e podendo, inclusive, salvá-la em momentos mais difíceis.

Outros aspectos importantes que são organizados e facilitados por meio do alinhamento interno são os objetivos da empresa que se tornam mais claros, como expansão do negócio e desenvolvimento de projetos. De modo geral, essa prática gera muito mais eficiência e prevenção de erros.

Entenda a importância da comunicação interna e do alinhamento de discurso e objetivos

Estratégias bem planejadas podem gerar muitos frutos para uma organização e, para se alcançar isso de uma maneira mais assertiva, é necessário que a empresa invista nas práticas da comunicação interna.

Com colaboradores mais cientes dos objetivos da empresa a médio e longo prazo, suas ações tornam-se mais eficientes — e eles podem ser devidamente cobrados por suas performances. Essa prática aumenta o nível de produtividade das pessoas, uma vez que melhora o foco, proporcionando metas e desafios claros a superar.

Aposte nos vídeos

Tornando-se uma prática cada vez mais comum (ao mesmo tempo em que se mostra uma tendência de mercado, por causa de seus resultados expressivos), o uso de vídeos na comunicação interna é uma boa prática a se estudar.

Vídeos são poderosas ferramentas de comunicação, e os chamados “vídeos corporativos” são muito versáteis e práticos dentro de uma organização. Através deles, os colaboradores podem aproveitar conteúdos gerados pela empresa de forma mais dinâmica e ligeira, o que fortalece rotinas mais complexas.

Já é fato, nos dias de hoje, que a absorção de informação e aprendizado são mais rápidos e prazerosos se passados por meio de vídeos. Pensando nisso, temos várias possibilidades de usos para vídeos corporativos, curtos ou longos. Conheça alguns tipos de vídeos a seguir:

  • vídeo institucional: destaca valores e missão da empresa, apresentando sua identidade e trajetória;
  • produtos e serviços: propõe ensinar ao público interno sobre produtos e serviços, assim como quais são as suas características principais para transmitir para o cliente;
  • vídeo temático: pode ter várias funções, tais como datas comemorativas, comemoração de aniversário de membros, entre outros;
  • boas práticas: orienta, de forma mais descontraída, a forma de comportamento das pessoas, como o dresscode, higiene, segurança, entre outros;
  • trabalho de cada setor: apresentação da rotina das áreas para as equipes que compõem cada time;
  • palavra do presidente da empresa: transmissão ao vivo ou gravada do presidente da empresa, quando esse tipo de aproximação se mostrar necessária;
  • tutorial: proposta de explicar a respeito de diferentes coisas, como ferramentas, equipamentos, softwares, entre outros exemplos.

Conheça outros canais de comunicação interna nas empresas

Além do formato em vídeo, há vários outros canais para potencializar ainda mais a comunicação interna da sua empresa. Confira a nossa lista a seguir e análise qual mais se encaixa com a rotina profissional dos seus colaboradores:

Intranet

A intranet nada mais é que uma rede de computadores privada que pode ser utilizada somente por aqueles que têm acesso permitido. Esse tipo de canal pode ser de excelente uso para os colaboradores internos de uma empresa, já que ele permite a conexão e o compartilhamento de informações e arquivos com todos os setores corporativos.

Jornal interno

Embora não sejam mais tão utilizados atualmente (graças ao alto custo de edição e impressão), os jornais internos ainda são considerados boas formas de comunicação dentro das empresas, principalmente por serem planejados para destacar as novidades mais importantes da corporação, mantendo todos os colaboradores informados.

Mural de avisos

Quem nunca trabalhou ou estudou em um lugar com um grande mural de avisos cheio de panfletos e cartazes, não é mesmo?

Talvez um dos canais mais tradicionais de comunicação interna, o mural de avisos sempre teve bastante utilidade para manter as pessoas informadas no ambiente de trabalho, principalmente quando são colocados em locais de grande circulação, como no refeitório ou ao lado da sala de reuniões.

E-mail marketing

Outra forma de comunicação interna bastante usual nos estabelecimentos é o e-mail. Uma das vantagens desse tipo de canal é a possibilidade de direcionar uma mensagem de forma rápida tanto para todo corpo empresarial, quanto para setores específicos — caso seja uma informação mais exclusiva.

Vale lembrar que é sempre válido elaborar títulos chamativos, além de treinar os colaboradores para checarem os e-mails diariamente, a fim de evitar que mensagens importantes sejam ignoradas.

Por fim, você já investe em comunicação interna na sua empresa? Pois, se ainda não, chegou a hora de fazê-lo. Essas práticas podem melhorar a forma de engajamento entre os colaborados e distribuir, de forma mais assertiva, os seus conteúdos e planos.

Com o conhecimento adquirido com este texto, você já está muito mais atualizado sobre os canais de comunicação interna nas empresas e já consegue traças as suas próprias estratégias, ou buscar informações mais específicas sobre determinados assuntos!

Aproveite, então, para compartilhar nosso texto nas suas redes sociais, para que mais interessados encontrem este material!

Seja o/a primeiro/a a comentar

Deixe uma resposta